Olá , seja bem-vindo.

Notícias

Partido Liberal
Evento de entrega de estação do Roda Bem Caminhoneiro em Garibaldi (RS). Foto: Anderson Tenório/ Min. Cidadania

Governo Federal entrega estação do Roda Bem Caminhoneiro em Garibaldi (RS)

Brasília – Uma chance de abastecer pagando até 40 centavos a menos por litro de diesel. O acesso a cursos de qualificação. A possibilidade de poupar na compra de insumos, como pneus. Essas e outras características do Roda Bem Caminhoneiro, do Governo Federal, passaram a fazer oficialmente parte da realidade do município de Garibaldi (RS).

Uma cerimônia na última quarta-feira,29, na sede da Associação de Motoristas da cidade gaúcha, marcou a entrega oficial de mais uma estação do projeto. A iniciativa do Ministério da Cidadania tem como objetivo estruturar e fortalecer um sistema cooperativo para transportadores rodoviários autônomos.

Ao todo, são 100 cooperativas em 17 estados a partir de um investimento do Governo Federal de R$ 18 milhões. No Rio Grande do Sul, são 18 cooperativas que congregam mais de 3.800 caminhoneiros. Além de Garibaldi, estão contemplados os municípios de Vacaria, Farroupilha, Canoas, Tapejara, Ibirubá, Não Me Toque, Santiago, Giruá, Cruz Alta, Passo Fundo, Santo Antônio da Patrulha, Erechim, Itaqui, São José do Ouro, Nova Palma e Três Cachoeiras.

“O projeto começa com assessoramento técnico. Depois, há cursos de qualificação. Tem um sistema. Existe o aplicativo. As cem cooperativas vão utilizar o mesmo sistema de gestão. O caminhoneiro de Garibaldi pode chegar ao Nordeste numa cooperativa parceira e procurar o abastecimento a preço reduzido”, explicou Fábio Roque, gestor do projeto no Ministério da Cidadania.

“O programa nos trouxe tanque de combustível, o container escritório para a parte administrativa, todo um assessoramento técnico e de administração, além de cursos de aperfeiçoamento para os caminhoneiros”, listou o presidente da Cooperativa de Transportes da Serra Gaúcha (Cootraserra), Adriano Piacentini. Outros 28 kits como esse já foram entregues.

Diretor-executivo da Associação dos Motoristas de Garibaldi, Artur Sartori explica que a organização em cooperativas permite aos caminhoneiros economizarem não só no combustível, mas na aquisição de insumos essenciais à profissão. “Os pneus o pessoal consegue agregar quantidade na hora da compra. Isso derruba valores, da mesma forma que o óleo diesel, que passa a ser comprado direto das refinarias, sem atravessadores”, disse.

Com a experiência de mais de 45 anos de estrada como caminhoneiro, Hélio Gandini, de 68 anos, afirma que o cooperativismo é uma necessidade para os autônomos. “A gente precisa mesmo se juntar, porque senão não consegue mais sobreviver nesse ramo”. Segundo ele, para garantir o abastecimento com a economia desejada, os cooperados utilizam a estratégia de chegar perto das unidades das cooperativas com o tanque quase vazio. “Assim a gente ajuda a cooperativa e a nós mesmos. A diferença é grande. Queira ou não, são 40 ou 50 centavos a menos por litro”.

Outras entregas

Além da estação do Roda Bem Caminhoneiro, o evento em Garibaldi também marcou a entrega simbólica de um cartão do Auxílio Brasil a uma família beneficiária na cidade e a assinatura de repasses de R$ 3,2 milhões em recursos para projetos ligados à área de desenvolvimento social e de esporte em 11 municípios gaúchos.

Amanda de Souza, de 32 anos, recebeu o cartão simbólico do Auxílio Brasil. Ela tem oito filhos e vive no bairro Bela Vista II. Recebe R$ 450 mensais do programa de transferência de renda do Ministério da Cidadania. Recursos que, assim que ela saca, se revertem em alimentos para garantir o desenvolvimento saudável das crianças.

“Vou direto ao mercado e compro o que falta naquele instante: arroz, feijão, fubá para fazer polenta, que eles adoram, aqueles pacotões de massa. Compro laranja, compro maçã”, listou Amanda. Ela vive com o marido, que está impedido de trabalhar em função de um acidente como pedreiro que lhe custou a mobilidade da perna esquerda. “Por isso, para mim, o dinheiro do Auxílio Brasil me ajuda tanto”, disse Amanda.

“O Auxílio Brasil é o maior programa de transferência de renda da história do país. Beneficia mais de 18 milhões de famílias com um investimento que supera os R$ 7 bilhões. Leva dignidade e emancipação”, comentou Mauro Borges, chefe de Assuntos Estratégicos do Ministério da Cidadania, que representou o ministro Ronaldo Bento na cerimônia. “Paralelamente, a assinatura dos repasses de verba garante a alocação de recursos para projetos e ações no Rio Grande do Sul nas áreas sociais e do esporte, os dois braços do nosso ministério”.

Fonte: Ministério da Cidadania

Leia mais

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Presidente e primeira-dama, Michelle Bolsonaro participam da cerimônia de promoção de oficiais das Forças Armadas

Deputada federal Carla Zambelli (PL-SP)

PL de Carla Zambelli classifica como falsidade ideológica alteração indevida em banco de dados públicos

Deputado federal Sanderson (PL-RS)

Sanderson defende medidas trabalhistas para socorrer economia de cidades atingidas por enchentes