Olá , seja bem-vindo.

Notícias

Partido Liberal
Governo do Rio anuncia novas medidas de combate e prevenção ao feminicídio

Governo do Rio anuncia novas medidas de combate e prevenção ao feminicídio

Governador Cláudio Castro anuncia novas medidas de combate e prevenção ao feminicídio no RJ

Rio de Janeiro – O governo do estado do Rio de Janeiro realizou, na tarde da última quinta-feira, 28, uma coletiva de imprensa sobre a adoção de medidas de combate e prevenção ao feminicídio no Palácio da Guanabara, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio. Ações foram definidas em reunião do governador Cláudio Castro (PL-RJ) com as secretarias de Assistência à Vítima, de Administração Penitenciária e os secretários da Polícia Civil e Militar.

Na coletiva, foi traçada como meta a capacitação de policiais para atuar no Programa Maria da Penha. O programa está em sua segunda etapa, visando expandir o atendimento para todos os municípios, e conta, atualmente, com 920 policiais militares em atuação.

“Das 55 mulheres vítimas, apenas 18% tinham registro de ocorrência contra o agressor. Com isso, a Polícia Civil vai implementar um centro de estudos e pesquisas contra a violência contra a mulher para entender o que vem acontecendo. Outra ação é a capacitação dos agentes tanto na violência doméstica, quanto no desaparecimento de mulheres e meninas em razão da violência. O estado não tolera violência contra mulher”, afirmou a Diretora geral do departamento de proteção e atendimento à mulher (DGPAM), Gabriela Von Beauvais.

Outra medida anunciada foi a criação de núcleos em combate ao feminicídios nas Delegacias de Homicídios e núcleos integrados de atendimento à mulher em todo o estado. De acordo com Gabriela, também serão criados núcleos em combate ao feminicídio no interior do estado, além da criação de núcleos de mulheres e meninas desaparecidas por violência doméstica.

Durante a coletiva também foi anunciada a criação de um aplicativo de apoio à mulher vítima da violência, no mesmo âmbito do 190. A funcionalidade foi criada para as mulheres assistidas pelo programa Maria da Penha poderem discretamente acionar o botão do pânico, que levará a Polícia Militar no local do acionamento.

Estiveram presentes a coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Claudia Moraes, a Diretora geral do departamento de proteção e atendimento à mulher (DGPAM), Gabriela Von Beauvais, a Secretária de Administração Penitenciária, Maria Rosa Nebel, a Secretária de Atendimento à Vítima, Tatiana Queiroz e a primeira-dama, Analine Castro.

Aumento do número de casos de feminicídios

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou que, nos últimos cinco anos, o número de casos de feminicídio no estado do Rio de Janeiro aumentou em 73%. De janeiro a maio deste ano, 52 mulheres foram mortas, um aumento considerável se comparado com o mesmo período em 2017, onde foram registrados 30 casos.

Nos últimos seis meses, o número de feminicídios cometidos no Estado do Rio de Janeiro já é quase 20% maior que o do mesmo período no ano passado. Foram 48 crimes registrados nos seis primeiros meses de 2021 e 57 no mesmo período em 2022.

Fonte: Jornal o Dia
Faça uma Doação

Notícias do Presidente

Acompanhe aqui as últimas notícias do Presidente Jair Bolsonaro:

Leia mais

Presidente Bolsonaro em Cerimônia no Rio de Janeiro

Presidente Jair Bolsonaro participa da Marcha para Jesus no RJ

Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL)

Bolsonaro inicia campanha em Juiz de Fora (MG)

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Jair Bolsonaro assina decreto que autoriza atuação das Forças Armadas nas eleições