Olá , seja bem-vindo.

Notícias

Partido Liberal
Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Bolsonaro sanciona remanejamento de R$ 1,2 bi para abertura do Plano Safra

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou na última sexta-feira, 15, o projeto de lei que remaneja R$ 1,2 bilhão de gastos primários para a abertura do Plano Safra 2022/2023.

O dinheiro financiará subvenções econômicas no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf); nas operações de custeio agropecuário; em operações de comercialização de produtos agropecuários; e em operações de investimento rural e agroindustrial. Por tratar-se de remanejamento, a operação não impactará a meta de déficit primário nem o teto de gastos.

No total, o presidente sancionou cinco projetos de lei que remanejam recursos do Orçamento e abrem créditos especiais para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e para o pagamento de despesas de pessoal de outros Poderes. Também foi sancionado um crédito especial para cumprir um acordo entre a União e a prefeitura de São Paulo.

Também foi sancionado um projeto de lei que altera a Lei Orçamentária de 2022 para remanejar recursos que comporão as verbas para despesas de pessoal e encargos sociais dos Poderes Legislativo, Judiciário, do Ministério Público da União e da Defensoria Pública da União. Em nota, o Palácio do Planalto informou que as dotações para os gastos com os servidores desses Poderes tinham sido reduzidas pelo Congresso Nacional durante a tramitação do Orçamento.

O dinheiro virá de verbas que comporiam a meta de déficit primário (resultado das contas do governo sem os juros da dívida pública) de 2022 e de verbas destinadas a emendas parlamentares, principalmente emendas de comissão.

O terceiro projeto abre crédito especial de R$ 312,7 milhões em favor do Ministério do Trabalho e Previdência. O crédito decorre da Lei 14.331, de maio deste ano, que estabelece novas regras de pagamentos de honorários referentes a perícias judiciais em ações em que o INSS figurar como parte.

O quarto projeto abre crédito suplementar (remanejamento) de R$ 202,5 milhões para reforçar reservas de contingência fiscal do Poder Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público da União e da Defensoria Pública da União. Nesses dois casos, como o dinheiro será remanejado de outras dotações orçamentárias, não haverá custo adicional aos cofres públicos.

O último projeto abre crédito especial de R$ 23,91 bilhões de encargos financeiros da União para cumprir um acordo, homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em março, entre o governo federal e a prefeitura de São Paulo. Esse crédito especial virá do superávit financeiro da União (excedente de caixa obtido com a emissão de títulos públicos), portanto não impactará a meta de déficit primário nem o teto de gastos.

Fonte: EBC
Faça uma Doação

Notícias do Presidente

Acompanhe aqui as últimas notícias do Presidente Jair Bolsonaro:

Leia mais

Presidente Bolsonaro em Cerimônia no Rio de Janeiro

Presidente Jair Bolsonaro participa da Marcha para Jesus no RJ

Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL)

Bolsonaro inicia campanha em Juiz de Fora (MG)

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Jair Bolsonaro assina decreto que autoriza atuação das Forças Armadas nas eleições