Olá , seja bem-vindo.

Notícias

Partido Liberal
Deputado federal João Roma (PL-BA)

Deputado federal João Roma (PL-BA)

“Aumento do Auxílio Brasil vai aquecer a economia”, diz Roma

Brasília – O pré-candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania, deputado federal João Roma (PL-BA), declarou que os benefícios da aprovação da PEC 15 não alcançarão apenas quem recebe o Auxílio Brasil, que passa de R$ 400 para R$ 600, ou o Auxílio-Gás com novo valor de R$ 120, agora mensal. “Toda a sociedade ganha com isso, pois esses recursos circulando aquecem toda a economia”, disse Roma, em entrevista à Rádio Betânia FM, de Paulo Afonso.

O ex-ministro da Cidadania ainda propôs uma reflexão durante a entrevista: “quem é realmente o presidente que ajuda os mais necessitados?”. João Roma salientou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PL), que apoia a candidatura dele a governador da Bahia, foi quem realmente buscou mecanismos para garantir à população vias para melhorar de vida.

O pré-candidato do PL pontuou que, além de triplicar os recursos para os programas de transferência de renda, o presidente Bolsonaro criou caminhos para que os cidadãos beneficiados tenham estímulo para procurar emprego. “Diferentemente do Bolsa Família, que pagava em média R$ 189 reais mensais, com o Auxílio Brasil o cidadão que inicia um trabalho com carteira assinada tem ainda dois anos garantidos de benefício e um abono de mais R$ 200”, disse o pré-candidato. A PEC 15 também estabeleceu benefícios para transportadores autônomos (caminhoneiros) e taxistas.

Fonte: https://joaoroma.com.br/aumento-do-auxilio-brasil-vai-aquecer-a-economia-diz-roma/
Faça uma Doação

Notícias do Presidente

Acompanhe aqui as últimas notícias do Presidente Jair Bolsonaro:

Leia mais

Presidente Bolsonaro em Cerimônia no Rio de Janeiro

Presidente Jair Bolsonaro participa da Marcha para Jesus no RJ

Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL)

Bolsonaro inicia campanha em Juiz de Fora (MG)

Presidente Jair Bolsonaro (PL)

Jair Bolsonaro assina decreto que autoriza atuação das Forças Armadas nas eleições